Veja qual é o metro quadrado mais caro do Brasil, com apartamento de R$ 38 milhões

31
Edifício Tom Delfim Moreira, à beira-mar no Leblon, é o prédio de metro quadrado mais caro do Brasil / Reprodução

Localizado de frente para o mar no bairro do Leblon, na cidade do Rio de Janeiro, o edifício Tom Delfim Moreira detém o metro quadrado mais caro do Brasil, de acordo com Guilherme Nogueira, corretor de imóveis e criador de conteúdo. O preço do m² é a partir de R$ 100 mil.

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, Guilherme informa que o prédio, construído em um lote de 360 m², tem apenas seis unidades, as quais todas já foram vendidas pela construtora. São cinco apartamentos de 284 m², além da cobertura dúplex de 501 m², com o valor mínimo de R$ 28,4 milhões.

Nas áreas comuns, o prédio tem móveis e obras de arte assinados por brasileiros — Foto: Instagram / @guilhermenogueirabh / Reprodução

Em um segundo post, ele revela que está revendendo um dos apartamentos, que foi meticulosamente decorado pela renomada arquiteta Isabel Comparato. O projeto inclui piso de mármore travertino romano, mobília planejada, ofurô, sistema de ar-condicionado, luminárias, boxes dos banheiros e acessórios de alta qualidade.

Com um investimento superior a R$ 3 milhões na reforma, o valor de venda foi elevado para R$ 38 milhões.

Guilherme também mostrou o interior do edifício, decorado por obras de arte e mobiliário assinados por artistas e designers brasileiros.

A garagem, que tem um tamanho “pequeno” por conta da área reduzida do terreno, tem plataformas giratórias e elevadores para ajudar na manobra. O corretor estima que o condomínio deverá custar entre R$ 25 mil e R$ 30 mil.

Embora não tenha sido planejado para quebrar recordes, o empreendimento boutique foi concebido com um objetivo claro: marcar a estreia da Gafisa no segmento de altíssimo padrão, coincidindo com o 70º aniversário da incorporadora no país. “Este projeto é um ícone para nós, em todos os aspectos”, explica Sheyla Resende, CEO da empresa.

“Era um terreno muito pequeno, de apenas 360 metros quadrados, como uma joia que precisávamos lapidar. Foram muitas ideias até chegar nessa fachada diferenciada, com materiais que a gente nunca tinha utilizado”, diz a executiva.

Artigo anteriorSinais de recuperação nos escritórios e imóveis comerciais
Próximo artigoConheça o Delta do Parnaíba, um paraíso escondido
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.