Veja perguntas mais comuns no Google sobre o Imposto de Renda

Tema lidera buscas em finanças com proximidade do prazo final para a declaração

11

Nos últimos dias, o termo “Imposto de Renda” se tornou o mais buscado na categoria finanças no Google, ultrapassando outros assuntos econômicos como FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O aumento significativo no volume de pesquisas está relacionado à proximidade do prazo final para o envio da declaração à Receita Federal, que se encerra nesta sexta-feira (dia 31).

De acordo com dados do Google Trends, a pergunta “Como declarar Imposto de Renda?” lidera as pesquisas sobre o tributo no Brasil. Desde o início do período de entrega das declarações, as principais dúvidas dos contribuintes envolveram questões específicas como “ações”, “carro”, “aluguel recebido” e “imóvel financiado”.

Principais dúvidas dos contribuintes

Entre 15 de março e 23 de maio de 2024, as perguntas mais frequentes sobre o Imposto de Renda foram:

Como declarar Imposto de Renda?

Quem deve declarar Imposto de Renda?

Até quando declarar Imposto de Renda?

Quando começa e quando sai a primeira restituição do Imposto de Renda?

O que acontece se não declarar Imposto de Renda?

Como funciona o Imposto de Renda?

Onde declarar Imposto de Renda?

Como baixar o programa do Imposto de Renda?

MEI precisa declarar Imposto de Renda?

Declaração do Imposto de Renda 2024: passo a passo

Os contribuintes podem declarar o Imposto de Renda de diversas formas: instalando o Programa Gerador de Declaração (PGD) no computador, utilizando o aplicativo Meu Imposto de Renda em tablets ou celulares, ou preenchendo os dados online pelo portal e-CAC.

Quem deve declarar?

Devem declarar os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 30.639,90 em 2023. Incluem-se salários, aposentadorias e rendas de aluguel, por exemplo. Outras regras específicas também exigem a entrega da declaração.

Prazo final

A data limite para a maioria dos brasileiros é esta sexta-feira, 31 de maio. Embora o Corpus Christi seja celebrado no dia anterior, a data não é considerada feriado nacional, e a entrega da declaração poderá ser feita normalmente pela internet, mesmo com as unidades da Receita Federal fechadas para atendimento presencial nos dias 30 e 31.

Moradores das cidades do Rio Grande do Sul afetadas pelas recentes chuvas terão um prazo estendido até 30 de agosto.

Restituição do Imposto de Renda

A consulta ao primeiro lote de restituição foi liberada na última quinta-feira (dia 23). Este lote beneficiará 5,6 milhões de contribuintes, sendo que 5,4 milhões receberão a devolução do imposto pago a mais no ano passado. O pagamento será realizado nesta sexta-feira (dia 31), diretamente na conta informada na declaração ou por meio de chave Pix, usando o CPF do contribuinte.

Calendário de restituição

1º lote: 31 de maio

2º lote: 28 de junho

3º lote: 31 de julho

4º lote: 30 de agosto

5º lote: 30 de setembro

Os moradores do Rio Grande do Sul terão prioridade na restituição devido às enchentes.

Consequências da não declaração

Quem não entregar a declaração a tempo está sujeito a sanções que variam desde o pagamento de multa até responder criminalmente. A multa mínima é de R$ 165,74, podendo chegar a 20% do imposto devido.

Como funciona o Imposto de Renda?

O Imposto de Renda é um tributo sobre rendimentos de pessoas físicas ou empresas, administrado pela Receita Federal. A declaração anual tem como objetivo verificar se o contribuinte tem imposto a pagar ou a restituir.

Como baixar o programa do Imposto de Renda

Para baixar o PGD no computador:

Acesse Receita Federal .

Clique em “Baixar programa” na versão 2024.

Siga as instruções de instalação.

Para baixar o aplicativo no celular:

Acesse a loja de aplicativos e busque por “Meu Imposto de Renda”.

Baixe ou atualize o aplicativo.

Abra o aplicativo e faça login com CPF e senha Gov.br.

Declaração para MEIs

Microempreendedores Individuais (MEIs) devem verificar se seus lucros obrigam a declaração do IR. Além disso, precisam entregar a declaração de MEI, a DASN-Simei, cujo prazo final é 31 de maio, exceto para moradores de áreas afetadas pelas chuvas no Sul, que têm prazo estendido até 31 de julho.

Artigo anteriorVivo adere ao Programa Celular Seguro e amplia bloqueio de linhas de telefones roubados
Próximo artigoPrazo para entregar declaração do Imposto de Renda termina hoje