Trabalhar de casa segue como tendência pós pandemia: 8,8% dos brasileiros atuam assim, mostra IBGE

26

Em 2019, eram só 5,8%. Entre as mulheres, parcela é ainda maior, de 13,4%. Disparidade de gênero também é grande no trabalho em veículo próprio, onde atuam 7,3% dos homes e só 0,7% das mulheres

O percentual de brasileiros que trabalham em seu domicílio de residência é de 8,8% do total. A parcela até teve uma ligeira queda em relação a 2022, quando eram 8,5%. Mas segue como tendência firme após a pandemia de Covid. Para se ter uma ideia, em 2019, eram só 5,8% nesta situação.

Os números constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), que teve sua divulgação completa, incluindo dados adicionais, apresentada pelo IGBE nesta sexta-feira.

Entre as mulheres, a parcela das que trabalham em casa chega a 13,4%. Já entre os homens são 5,2% nesta situação.

Chama a atenção também a disparidade de gêneros entre os trabalhadores que têm, como principal local de trabalho, um veículo automotor. Entre os homens, 7,3% atuam em veículos – ou seja, uma parcela maior dos que trabalham em seu domicílio. Entre as mulheres, apenas 0,7% trabalham dirigindo ou em algum tipo de veículo automotor.

Artigo anteriorLula diz que leilão do arroz foi anulado após ‘falcatrua’ e defende ‘garantia de preço’ na venda
Próximo artigoRecife está entre as cidades mais ameaçadas pelas mudanças climáticas