‘Tenho toda paciência do mundo’, diz Lula sobre troca do comando do Banco Central

17

Mandato de Roberto Campos Neto encerra no final de 2024. “Quem já conviveu com Roberto Campos um ano e quatro meses não tem nenhum problema a viver mais seis meses”, disse presidente

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que tem “toda paciência do mundo” para trocar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, cujo mandato encerra no fim de 2024.

— O presidente do Banco Central tem que saber que quem perde dinheiro com a taxa de juro alta é o povo brasileiro. São os empresários brasileiros que não conseguem dinheiro para investir. É isso que está em jogo. Mesmo dizendo isso, eu tenho toda a paciência do mundo porque eu tenho que esperar até dezembro para mudar o Banco Central. Então, veja como nós somos tranquilos — afirmou Lula ao ser questionado sobre quem será o substituto de Campos Neto.

Lula afirmou que quem já conviveu com Campos Neto um ano e quatro meses, não tem “nenhum problema” de conviver por mais seis meses”:

— Tenho que decidir se eu vou antecipar ou se deixo para indicar o mais próximo possível do vencimento do mandato do presidente Roberto Campos. Então, quem já conviveu com Roberto Campos um ano e quatro meses não tem nenhum problema de viver mais seis meses. O que eu espero é que o Roberto Campos leve em conta que o Brasil não corre nenhum risco — disse o presidente.

Ao criticar a taxa de juros, Lula afirmou que gosta mais do Brasil do que o mercado:

— Com todo o respeito do mercado. Eu gosto mais do Brasil do que o mercado. Eu quero mais ter um futuro despeito do que o mercado. E o meu papel é fazer as coisas para que 203 milhões de brasileiros possam levantar todo dia de manhã.

 

Artigo anteriorSenado aprova redução de IR para motoristas de táxi e aplicativos
Próximo artigoComissão do Senado aprova em primeiro turno projeto que reserva cotas para minorias em serviço público