Rota do Peixe-boi-marinho recebe projeto de capacitação para turismo sustentável em Barra de Mamanguape

30
Foto: site/Fundação Mamíferos Aquáticos

Instituições promoveram hackathon para empreendedores, gestores públicos e comunidade local

Trabalhar o empreendedorismo e o desenvolvimento local considerando a sustentabilidade e a conservação ambiental. Esta é a proposta da capacitação realizada pelo Sebrae/PB e pela Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA) na região de Barra de Mamanguape, localizada no município de Rio Tinto, litoral norte da Paraíba. O intuito é fortalecer o turismo na localidade com a “Rota do Peixe-Boi-Marinho”.

A primeira capacitação foi realizada esta semana e envolveu 45 pessoas que moram e possuem pequenos negócios em Barra de Mamanguape. O grupo participou de um hackathon e, de acordo com a analista técnica Renata Câmara, foi um momento para os participantes trocarem ideias, exercitarem a criatividade e a cooperação. “Nós fomos procurados pelos representantes da Fundação para fazer um trabalho de capacitação com os atores da região, que são os empreendedores, como donos de restaurantes, lanchonetes, meios de hospedagem de modo geral, e que formam a cadeia produtiva de um turismo ecológico e ambiental”, acrescentou a analista.

Ela ainda lembrou que uma segunda capacitação está prevista para o próximo mês de julho e o objetivo será desenvolver um plano de ação para a região de Barra de Mamanguape focando o produto turístico, que é a “Rota do Peixe-Boi-Marinho”.

Foto: Marcelo Costa/Ascom Sebrae

Diego Santos, que é o coordenador da rota, destacou que o apoio do Sebrae/PB foi importante para mobilizar os atores locais e criar novas oportunidades, visando o turismo sustentável e comunitário. “A parceria com o Sebrae foi fundamental para que a gente conseguisse interesse na atividade e o feedback dos participantes foi bem positivo. Discutimos não só os problemas, mas também as oportunidades. Esse primeiro momento deixou uma chama acesa no território para que a gente desenvolva ainda mais a agenda do turismo comunitário na Barra de Mamanguape”, frisou.

Ainda apoiaram a iniciativa o Hotel Sesi, a Fundação O Boticário e o programa de aceleração BTG Soma.

Fonte: Ascom/Sebrae

Artigo anterior*DROPS DATASTORE: Selic mantida não altera setor imobiliário
Próximo artigoEm 2023, emprego foi recorde e número de trabalhadores com ensino superior chegou a 23,1%
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.