Presidente da Câmara Portuguesa da Paraíba anuncia visita do embaixador de Portugal para fortalecer relações bilaterais

9

O presidente da Câmara Portuguesa da Paraíba, o advogado Thyago Colaço, confirmou a visita oficial do embaixador de Portugal no Brasil, Luís Faro Ramos, para esta quarta-feira, 22 de maio, com o objetivo de fortalecer parcerias.

Acompanhado da embaixatriz Maria Cristina e do conselheiro do vice-consulado de Portugal em Recife, Francisco Azevedo, o embaixador cumprirá uma extensa agenda na Paraíba a partir da quinta-feira (23), com conferências na Universidade Federal (UFPB), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e reuniões com o governador João Azevedo, prefeito de João Pessoa Cícero Lucena, presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino, empresários, e visita à Câmara Brasil-Portugal na Paraíba.

“Nosso Estado vive um bom momento de desenvolvimento e a visita do embaixador Luís Faro, sem dúvidas, fortalece a Paraíba, abre perspectivas de novos negócios e renova parcerias importantes entre nosso estado e Portugal”, destacou Thyago Colaço.

Recentemente, o governador da Paraíba esteve presente na 34ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), realizada no Parque das Nações, em Portugal. O estande montado para divulgar as atrações do estado, com 54 metros quadrados, promoveu diversas atividades, incluindo ativações com operadoras e profissionais do setor, apresentações culturais e exposição das cachaças paraibanas.

João Azevedo se reuniu com diversos empresários portugueses e brasileiros que atuam em Portugal, principalmente do setor hoteleiro. Portanto, o embaixador passa a ser um elo importante para ser mais um interlocutor com as companhias aéreas e as empresas que já estão na Paraíba.

Uma das pautas do encontro entre autoridades paraibanas, empresários e o embaixador é conquistar voos com escala na Paraíba, tendo em vista que 20% dos passageiros dos voos que saem do aeroporto do Recife, em Pernambuco, com destino a Lisboa, são paraibanos. Por isso, é importante um debate para que o Aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, possa ser palco, por exemplo, para conexões.

Artigo anteriorJustiça aceita pedido de recuperação judicial da Polishop
Próximo artigoÁrea técnica do Cade sugere aprovar proposta da Petrobras para abandonar venda de refinarias