Passeios noturnos movimentam a indústria do turismo

32
A observação de estrelas em Jackson Hole, no estado americano do Wyoming, promovido pela Four Seasons. Foto: divulgação

Os passeios noturnos ou experiências de bem-estar criadas pelos hotéis e resorts mais luxuosos crescem em ritmo acelerado. Já no Brasil, é possível encontrar opções bem mais em conta e igualmente agradaveis.


Em um mundo cada vez mais quente, a indústria do turismo está entre as mais vulneráveis ao aquecimento global. E os efeitos do caos climático já podem ser sentidos tanto na mudança dos padrões das viagens de passeio quanto nos novos programas oferecidos por destinos de todo o mundo, nos dois hemisférios.

Batizadas “nighttime wellness”, as experiências de bem-estar noturnas criadas pelos hotéis e resorts mais luxuosos crescem em ritmo acelerado. Atividades até então realizadas durante o dia, agora, acontecem à noite, quando o calorão costuma dar uma trégua ou castigar menos.

Da observação de estrelas à meditação à luz de velas; da imersão em águas termais a mergulhos no mar durante a noite, o nighttime wellness é a tendência do momento, em um nicho cada vez mais poderoso.

Impulsionadas pela pandemia da Covid-19, as viagens focadas na saúde física e mental movimentam atualmente US$ 815 bilhões, por ano. Até 2031, o setor deve avançar a uma taxa de crescimento anual de 7,5%, avaliam os analistas da consultoria Cognitive Market Research.

Pelo mundo

Com um crescimento previsto de quase 7% no período, o mercado latino-americano só perde para a região Ásia-Pacífico, com 9,5% de aumento, nos próximos sete anos. Adaptar, portanto, o turismo de bem-estar às mudanças climáticas é a certeza de ótimos negócios. E diferentes redes hoteleiras já embarcaram na onda do nighttime wellness. A Six Senses Hotels & Spas, com sua propriedade de luxo no Vale Douro em Portugal, foi uma das pioneiras na criação de atividades noturnas, com sessões de ioga e meditação sob o luar.

Estrelas, bioluminescência e arco-íris lunar

A Four Seasons oferece o Stargazing Experience em dois de seus resorts. A observação de estrelas em Jackson Hole, no estado americano do Wyoming, acontece no Parque Nacional Grand Teton, onde não há céu mais escuro em toda a América do Norte.

No Península Papagayo, na Costa Rica, os hóspedes caçam estrelas com um telescópio ultramoderno equipado com GPS, enquanto jantam. Outro programa é um ritual de atividades relaxantes, tendo como pano de fundo o fenômeno da bioluminescência, quando plânctons e outras criaturas aquáticas flutuam iluminadas, na superfície da água.

Nas Maldivas, o sofisticado Anantara Kihavah construiu um observatório sobre o mar.

Já na Riviera Maya mexicana, o sustentável Palmaïa, The House of AïA, da Preferred Hotels & Resorts, criou o programa Rituals of Sound, que transforma a praia em frente à propriedade em palco para atividades noturnas de bem-estar, marcadas pela batida dos tambores.

Atrações brasileiras

Na capital federal, o Centro Cultural Banco do Brasil destaca-se por promover exposições, sessões de meditação, apresentações teatrais e cinematográficas para os visitantes no período noturno.

Nas noites de lua cheia, cangas e tapetes se misturam no amplo gramado do espaço cultural para sessões de meditação. O local também promove festas com a abertura de exposições durante a noite que reúnem música, projeções e food trucks.  Ainda na capital federal, os turistas podem aproveitar a noite para explorar a biodiversidade preservada no Jardim Zoológico de Brasília. Durante o passeio guiado, os visitantes podem conhecer melhor os animais de hábitos noturnos, como a onça e o tamanduá, e aprender algumas curiosidades sobre estas espécies. A visita deve ser agendada previamente com a equipe do zoológico.

Passeio nooturno no zoo de São Paulo.

Este passeio noturno para contemplação da biodiversidade também é oferecido aos turistas na Fundação Parque Zoológico de São Paulo (SP) e no Gramadozoo (RS). No zoológico da capital paulista, as datas das visitas são disponibilizadas no site da instituição e o agendamento deve ser feito previamente por telefone.

Em Gramado, a visita noturna ao zoológico tem início às 20h respeitando o limite máximo de 40 pessoas. Durante o passeio guiado no Gramadozoo, os turistas podem conhecer algumas espécies brasileiras de hábitos noturnos, como a jaguatirica e o lobo guará. O agendamento da visita em Gramado pode ser feito pelo e-mail e pelo telefone disponibilizado no site do local nos sete dias da semana.

O Belmond Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu, oferece caminhadas noturnas pelo parque e passarelas. Em época de lua cheia, é possível testemunhar o arco-íris prateado (ou lunar), quando a luz refletida pelo satélite, em vez de irradiada diretamente pelo sol, é refratada pela chuva, névoa suspensa na atmosfera ou, no aqui nesse caso, pelas gotas de água expelidas pela força das cachoeiras.

Passeio noturno ao Corcovado produz belas imagens.

Na capital fluminense, os turistas podem aproveitar o passeio noturno para deslumbrar-se com a beleza das paisagens das praias de Copacabana e Ipanema, além da bela estátua do Cristo Redentor. O roteiro noturno pelo Rio de Janeiro também permite a contemplação da arquitetura das edificações culturais da cidade, como o Museu do Amanhã e o Theatro Municipal.

No Nordeste

No Nordeste, a nova OIÁ Casa Lençóis, em Santo Amaro, no Maranhão, dispõe de um programa de bem-estar noturno, como um luau intimista, nas dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses — quem quiser pode se banhar nas lagoas do lugar.

Em Maceió, o passeio oferece uma experiência única para aproveitar uma das principais atrações turísticas da cidade, as piscinas naturais, de uma maneira diferente. 

As piscinas naturais são formações geológicas que acumulam água em regiões de maré baixa. Este passeio em Maceió também é chamado de “Banho de Lua”, uma vez que a luz da lua cria uma atmosfera mágica. A água das piscinas naturais é cristalina e morna. 

Que tal incluir um luau na praia, na mistura da energia do mar e da areia, o céu estrelado, muita música e energia boa no seu roteiro para Fortaleza? Este evento que ocorre na Praia do Futuro, na capital do Ceará, está se tornando uma tradição e atrai cada vez mais pessoas que se reúnem para celebrar a beleza da natureza e cultura cearense. A programação inclui muita música, animação e cantoria em um clima mágico de pessoas que se reúnem na praia a noite para celebrar a vida.

João Pessoa

Passeios de bike são organizados por praticantes do esporte, mas aceitam turistas. Foto/redes sociais

Na capital da Paraíba, os passeios turísticos noturnos são oferecidos, normalmente, pelo bugeiros que se concentram em Tambaú. Já os rolês de bikes à noite são organizados por grupos de praticantes, como o Pedal.PB. Todas as terças e quintas, eles saem da Praça do Geisel, a partir das 20 horas.

Outra iniciativa de praticantes de esportes, nesse caso remadores de caiaques, é o lual na Areia Vermelha. Em noites de lua cheia, o grupo de até 60 pessoas deixa as areais da praia de Camboinha e rema por 1,3 quilômetro. O trajeto dura cerca de meia hora e a permanência na ilha depende da maré.

Foto/redes sociais

Fontes: Neofeed/Embratur

Artigo anteriorBolsa Família de junho tem benefício médio de R$ 683,75
Próximo artigoComissão da Câmara vai analisar mudanças em projeto que regulamenta trabalho de motoristas de aplicativos
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.