Operação da Polícia Federal mira importação ilegal de 500 mil celulares com envio de R$ 1,6 bilhão ao exterior

Ação acontece em São Paulo, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Maranhão, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal

6

Em ação conjunta com a Receita Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Corisco Turbo, na manhã desta quarta-feira (dia 10), para descontar um esquema de importação ilegal de grandes quantidades de mercadorias do Paraguai e dos Estados Unidos, sem o pagamento de impostos. Segundo as investigações, há indícios da remessa ilegal de mais de R$ 1,6 bilhão ao exterior, com importação ilegal de mais de 500 mil celulares nos últimos cinco anos.

A ação — que acontece em São Paulo, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Maranhão, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal — tem a participação de 250 policiais federais e cem servidores da Receita Federal.

Segundo a PF, estão sendo cumpridos 51 mandados de busca e apreensão, 25 ordens de sequestro de bens imóveis, 42 ordens de sequestro de veículos, além do bloqueio de R$ 280 milhões nas contas dos alvos da operação. Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 12ª Vara Federal do Distrito Federal.

A Justiça também determinou medidas contra os principais investigados, como proibição de se ausentarem do país, ordem para entrega de passaportes em 24 horas, proibição de se ausentarem do município de domicílio, comparecimento mensal ao Juízo Federal e proibição de manterem contato entre si.

Entenda

Segundo as investigações, a organização se subdividia em núcleos. Cabia a estes negociar e venda de produtos eletrônicos, além de transportar e armazenar, criar empresas fictícias, enviar dinheiro para o exterior e receptar produtos para revenda.

Os investigados poderão responder por lavagem de dinheiro e evasão de divisas, o que, segundo as investigações, ocorria por meio de doleiros e de transferência de criptomoedas. Outros crimes seriam descaminho e organização criminosa. Se condenados, as penas podem chegar a 37 anos de reclusão.

Artigo anteriorReforma Tributária: população de baixa renda terá devolução total de imposto sobre energia, água e esgoto
Próximo artigoIPCA desacelerou para 0,21% em junho, ficando abaixo das expectativas do mercado