Juros cobrados no rotativo do cartão de crédito caem para 422,5% em maio, informa BC

Crédito rotativo é acionado quando o cliente não consegue pagar o valor total da fatura no vencimento

9
Banco Central (Foto: Reprodução / TV Correio)

Os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cartão de crédito rotativo caíram 0,9% neste mês, variando de 423,4% ao ano em abril para 422,5% em maio, divulgou o Banco Central (BC) nesta quarta-feira.

O crédito rotativo do cartão de crédito é acionado por quem não pode pagar o valor total da fatura na data do vencimento. Caso o cliente deixe de pagar, o banco deverá parcelar o saldo devedor ou oferecer outra forma para quitar a dívida em condições mais vantajosas em um prazo de 30 dias.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) estabeleceu no início deste ano que os juros das operações no rotativo e parcelado em 2024 não podem exceder 100% do valor da dívida original. Maio é o quinto mês de validade da decisão que limitou a dívida total no cartão de crédito.

Enquanto isso, a taxa de juros do parcelado do cartão subiu de 182% para 184,8%. Desse modo, a taxa de juros total do cartão de crédito variou de 85,6% para 84,8% em maio

No caso do cheque especial, os juros cobrados em maio foram de 128,4%, frente a 130,4% de taxa em abril.

Artigo anteriorGoverno publica decreto que estabelece meta contínua para inflação
Próximo artigoPresidente do IBGE diz que falta de recursos já leva instituto a atrasar aluguel e pode comprometer pesquisas