JCB anuncia investimento milionário no Brasil

30

Companhia inglesa, líder em vendas de retroescavadeiras no Brasil, investirá R$ 500 milhões até 2030

A JCB, terceira maior fabricante mundial de máquinas da linha amarela, anunciou um investimento de R$ 500 milhões em suas operações na América Latina, com foco no Brasil. Este investimento vai dobrar a capacidade produtiva da empresa no país até o final da década, passando de 5 mil para 10 mil unidades anuais.

O plano de investimento, que será implementado ao longo de cinco anos, destina a maior parte dos recursos, R$ 360 milhões, à expansão das operações da JCB no Brasil. A modernização da fábrica em Sorocaba (SP) receberá R$ 150 milhões, melhorando a infraestrutura e ampliando a capacidade de produção. Adriano Merigli, presidente da JCB na América Latina, destaca que este é um dos maiores investimentos da empresa na região.

Além da expansão, R$ 50 milhões serão alocados para o desenvolvimento de novos produtos e a nacionalização de alguns equipamentos, enquanto outros R$ 50 milhões serão destinados à ampliação da rede de distribuição, que atualmente conta com 70 filiais. Esses investimentos são parte de um esforço estratégico para consolidar a presença da JCB no mercado latino-americano.

Impactos no mercado e na criação de empregos

A expectativa é que este investimento crie creca de mil novos empregos, sendo 300 diretos e 700 indiretos. Atualmente, a JCB emprega 600 funcionários na América Latina, a maioria baseada em Sorocaba. A fábrica atende a toda a região, incluindo mercados importantes como México, Peru, Colômbia, Chile e Argentina.

No último ano, o mercado brasileiro para máquinas da linha amarela registrou vendas de 31 mil unidades, com uma previsão de crescimento de 5% para 2024. As vendas da JCB no Brasil representam 70% do total da região. A empresa visa manter essa participação e crescer em segmentos específicos, como construção pesada e agronegócio.

Inovação e sustentabilidade

A JCB também está focada em inovação sustentável, testando máquinas de pequeno porte elétricas no Brasil. Na Europa, mais de mil dessas máquinas já estão em operação, alinhadas ao conceito de descarbonização. Para equipamentos de maior porte, a empresa está desenvolvendo motores a combustão interna a hidrogênio, com 78 modelos em validação na Inglaterra.

No Brasil, a JCB compete com gigantes como Caterpillar, John Deere, XCMG, Komatsu e Case New Holland. A empresa é líder em vendas de retroescavadeiras, que representam um terço do mercado nacional. Os principais mercados de atuação da JCB são a construção pesada (40%), o agronegócio (25%) e empresas de locação de equipamentos (20%).

Fonte: Economic News Brasil

Artigo anteriorDescubra o Asenza Beach Resort: Um refúgio de beleza natural e exclusividade
Próximo artigoMoro rebate Lula e diz que comparação com presidente do BC é ‘nuvem de fumaça’
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.