*DROPS DATASTORE: intenção de compra de imóveis no Brasil em 2024 cresce ao mesmo nível de 2022

36
Residencial Damha Parahyba

Pela primeira vez, desde o 4º TRI-22, a demanda imobiliária brasileira apresentou uma sequência de aumentos na intenção de compra. O levantamento, feito pela Datastore, empresa de pesquisa e inteligência de mercado do setor imobiliário, aponta que, a médio prazo, mais de 11,4 milhões de famílias pretendem adquirir um imóvel. Isso significa 28,56% dos entrevistados. A última vez que esse número foi superado foi no último quadrimestre de 2022. Confira a sequência na tabela abaixo:

AnoTrimestreIntenção de compra
202229,03%
202328,24%
28,07%
27,61%
28,56%
202428,61%



O número de famílias que manifestaram a intenção de compra é de 11.426.609. O ciclo de queda da Selic de 13,25% para 10,50% a.a no mesmo período trouxe esse primeiro aumento sequencial da demanda.

Segundo a Datastore, os produtos que terão maior destaque na retomada serão loteamentos aberto/fechado, estúdios, alto padrão, econômico e segunda residência praia/serra. Para o executivo da Datasore, Marcus Araújo, “ainda não é a hora da classe média (na primeira residência) na cidade, sejam imóveis novos ou de terceiros. Para que isso aconteça, a taxa Selic precisa estar abaixo dos 10% para atingir alta velocidade”.

O patamar de alta velocidade somente é atingido quando a demanda chega acima dos 30%, e a última vez que isso aconteceu foi no 1º trimestre de 2022. “ Mas, o Banco Central aponta que a Selic deve chegar a 9,00% no final de 2025. Então, vamos acompanhar essa lua crescente!”, avalia Marcus

*DROPS DATASTORE: líder em pesquisa de mercado imobiliário no Brasil, com 30 anos de experiência e sede em Campinas-SP. A empresa já analisou mais de 900 bilhões de reais em VGV de empreendimentos, transformando dados em conhecimento estratégico para o setor. Fundada por Marcus Araújo, a Datastore se destaca por oferecer insights claros e aplicáveis, ajudando a moldar estratégias imobiliárias inovadoras, e é considerado como um dos principais pensadores do mercado imobiliário brasileiro da atualidade e futurologista do morar. O especialista compartilhará em nosso portal informações relevantes para que os empresários do setor se preparem ainda melhor para o ciclo virtuoso que a capital paraibana está passando. 

Artigo anteriorTaxa de desemprego fica em 7,5%; o menor para o trimestre desde 2014
Próximo artigoProjeto que regulamenta trabalho de motoristas de aplicativo deve ser votado em junho, diz Marinho