Governo nomeia indicado no PSD para vaga de Neri Geller na Agricultura

21
Lançamento do Plano Safra 2024/2025. Presidente Lula e Ministro Carlos Fávaro — Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva nomeou nesta terça-feira, 9,  Guilherme Campos Junior para ocupar o cargo de secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura. A indicação do nome foi dada pela bancada do PSD na Câmara.

Guilherme Campos entra na vaga que era ocupada por Neri Geller, que saiu do ministério em meio ao processo de anulação do leilão de arroz.

Atualmente, Campos é o superintendente do ministério em São Paulo e já foi presidente dos Correios entre 2016 e 2018, além de deputado federal. Aliado do presidente da legenda, Gilberto Kassab, Campos já presidiu interinamente a legenda enquanto Kassab ocupava o posto de ministro de Michel Temer.

Geller foi exonerado do posto em meio às suspeitas de fraude no leilão do arroz, anulado pelo governo.

Duas empresas criadas por um ex-assessor de Neri Geller — Bolsa de Mercadorias de Mato Grosso (BMT) e Foco Corretora de Grãos — intermediaram a venda do arroz pelo leilão. Durante entrevista em que anunciou a anulação do leilão, Fávaro disse que Geller teria colocado seu cargo à disposição devido ao mal-estar provocado pela revelação.

Gerou suspeitas o fato de a Bolsa de Mercadorias de Mato Grosso (BMT) e a Foco Corretora de Grãos terem intermediado parte da venda. As empresas, que receberiam comissões pelo leilão, foram criadas em 2023 por um ex-assessor de Neri Geller.

Artigo anteriorParaibano é nomeado novo superintendente do Banco do Nordeste
Próximo artigoPequenos negócios geram mais de 9 mil postos de trabalho na Paraíba em 2024