Governo avalia usar saldo de Itaipu para isentar contas de luz de consumidores do Rio Grande do Sul

14

Ministro diz que a falta de energia chegou a afetar 1,6 milhão de gaúchos

O governo federal estuda mecanismos para reduzir as contas de luz neste mês para os consumidores do Rio Grande do Sul, diss nesta sexta-feira o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. A ideia é buscar recursos para reduzir ou evitar a cobrança de energia nas regiões alagadas, afirmou ele.

Dentre as opções em análise, está o uso de parte do saldo positivo da Conta de Comercialização da Energia Elétrica da usina de Itaipu. Esse saldo foi de R$ 399,2 milhões em 2023, de acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica.

— O objetivo é direcionar isso a favor dos atingidos e para o próprio setor. Tanto na reconstruçao como na possibilidade de isenção por um período, nas regiões atingidas no Rio Grande do Sul — disse o ministro à Globo News.

O ministro disse que a falta de energia chegou a afetar 1,6 milhão de gaúchos.

Dados mais recentes da Aneel mostram que cerca de 326 mil consumidores estão com os serviços interrompidos no estado.

 

Artigo anteriorCaixa decide adiar prova no Rio Grande do Sul, mas mantém no restante do país
Próximo artigoRio implementará programa ‘Cartão Uniforme’ para estudantes da rede pública