Fenabrave eleva previsão de alta nas vendas de veículos novos em 2024

O que representará, em 12 meses, 2 milhões 647 mil emplacamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus vendidos.

21

A Fenabrave, organização que reúne os revendedores autorizados dos fabricantes de veículos no país, revisou para cima suas projeções deste ano. No início de 2024 esmerava 12% de crescimento de vendas, e agora elevou o porcentual para 14,7%, o que representará, em 12 meses, 2 milhões 647 mil emplacamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus.

“No início deste ano a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) previa expansão de 7% e nós, com o umbigo no balcão das concessionárias, já esperávamos mais, 12%. Como o volume do segundo semestre, historicamente, costuma ser 30% maior do que o do primeiro, calculamos esta previsão de quase 15% de crescimento em 2024”, comentou José Maurício Andreta Júnior, presidente da Fenabrave.

Mais crédito para veículos leves

Andreta Jr afirmou que a participação das vendas financiadas de carros no varejo das concessionárias já voltou ao normal, respondendo por cerca de 70% dos negócios. A queda dos níveis de inadimplência reduziu a aversão dos agentes financeiros ao risco e aumentou as concessão de crédito.

A legislação de retomada do bem sem necessidade de autorização judicial, aprovada no início deste ano, também deixa os agentes financeiros mais confortáveis para aprovar financiamentos e reduzir os juros ao consumidor.

“Esta medida ajuda bastante no aumento de concessões de crédito, porque o banco passa a ter uma garantia resgatável, que é o próprio carro financiado, que antes era difícil de retomar por inadimplência, o que encarecia o custo do crédito e restringia as concessões”, avalia Marcelo Franciulli, diretor executivo da Fenabrave. “Mas o efeito disto na queda dos juros ainda demora um pouco, devemos verificar nos próximos 18 meses.”

LEIA MAIS: Sobe imposto de carros elétricos e híbridos importados no Brasil

Por causa do clima mais favorável às concessões de crédito, a Fenabrave elevou de 12% para 15% a perspectiva de crescimento nas vendas de automóveis e comerciais leves neste ano, prevendo o emplacamento de 2,5 milhões de unidades.

De janeiro a junho foram vendidos 1 milhão 77 mil veículos leves, com alta de 15,3% sobre o mesmo período de 2023. Em junho as vendas somaram 202,5 mil unidades, em alta de 10,5% sobre maio e de 12,7% ante o mesmo mês do ano passado.

“Esta alta, até o momento, tem relação direta com a disponibilidade de financiamentos”, avaliou Andreta Jr. “Houve um aumento médio estimado em mais de 11% [dados de maio do BC] na oferta de crédito pelos bancos e isso impulsiona o consumo, atrelado à maior confiança do consumidor e empresário na economia do país.”

Fonte: AutoData

Artigo anteriorBaleias jubarte chegam ao litoral da Paraíba e Rio Grande do Norte
Próximo artigoDia Mundial do Chocolate: empresas se destacam na fabricação de produtos com ‘DNA paraibano’
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.