Equatorial, única a fazer oferta pela Sabesp, fecha venda de linha de transmissão no Pará por R$ 1,19 bilhão

Empresa informou que operação ajudará na redução de dívidas e que não sairá do segmento de transmissão

9
Prédio da Equatorial em Goiás — Foto: Reprodução

Única empresa candidata à compra das ações da Sabesp oferecidas pelo governo de São Paulo, a Equatorial Energia anunciou nesta terça acordo para a venda de sua linha de transmissão no Pará (Equatorial Transmissora 7 SPE) para a Verene Energia por R$ 1,19 bilhão. No comunicado, a Equatorial informa que a transação ajudará a empresa a reduzir suas dívidas, adequando sua estrutura financeira a novas oportunidades nas áreas em que atua.

“A operação não representa a saída do grupo Equatorial do segmento de transmissão, mas tão somente permite avançar na aceleração da sua trajetória de desalavancagem, adequando sua estrutura de capital a eventuais oportunidades nas avenidas de geração de valor em que atua”, diz o texto.

A aquisição da linha de transmissão será feita através da Infraestrutura e Energia Brasil, subsidiária da Verene. O negócio inclui o pagamento de R$ 840,8 milhões em novembro, além de assunção de uma dívida de R$ 350 milhões da companhia.

O fechamento do negócio está sujeito à aprovação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula o setor de energia, e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que fiscaliza a concorrência.

Em apresentação a investidores, no mês de junho, a Equatorial informou já ter uma linha de financiamento ponte garantida com prazo de 18 meses para a compra de 102 milhões de ações da Sabesp, 15% do total ofertado pelo governo paulista, e assim tornar-se acionista de referência da empresa. O valor oferecido por ação foi R$ 67 e os papéis da Sabesp fecharam negociados na Bolsa a R$ 84 ontem.

Na apresentação, além do financiamento ponte, a Equatorial informou que possui “diversas alternativas a serem exploradas para a contratação do financiamento de longo prazo para a aquisição”, O valor a ser desembolsado pela companhia pelos 15% da Sabesp será de R$ 6,8 bilhões.

Até o próximo dia 15 de julho, estão sendo oferecidas ações para investidores no varejo. A procura pelos papéis da Sabesp tem sido intensa, segundo pessoas que acompanham o mercado. e já teriam ultrapassado a R$ 40 bilhões. A expectativa é que a procura possa chegar a R$ 80 bilhões.

Artigo anteriorComissão do Senado adia novamente votação de projeto sobre inteligência artificial
Próximo artigoCooperativas de crédito expandem rede na Paraíba enquanto bancos fecham agências