Dólar turismo é vendido a R$ 5,35; euro é negociado por até R$ 5,72

50

Preços subiram acompanhando cotação do câmbio comercial e casas de câmbio tiveram aumento de procura por vendas

O dólar turismo chegou a ser vendido por R$ 5,35 na manhã desta sexta-feira, incluindo o valor de Imposto de Operações Financeiras (IOF). Casas de câmbio da região fluminense relataram a influência direta do aumento do dólar comercial na debandada de clientes que buscavam comprar a moeda. Em diferentes pontos da cidade os valores de venda alternaram entre R$ 5,30 e R$ 5,35.

Confira: Pirâmide financeira d ecannabis termina com prejuízo estimado de R$3,5 bilhões

Investigação inusitada: Boeing aprova uso de sabão líquido e cartão-chave de hotel na fabricação do 737 Max

Os menores valores de venda e compra de dólares foram encontrados nas casas de câmbio JW Câmbio Turismo e Moneygram, no centro do Rio. Os valores de ambas as casas chegaram a R$ 4,80 na compra e R$ 5,30 na venda.

A casa Best Exchange Rates, em Copacabana, foi o maior valor encontrado, chegando a R$ 4,85 para compra e a venda por R$ 5,35.

Já o euro de turismo variou entre R$ 5,20 e R$ 5,30 para a compra da moeda e R$ 5,70 e R$ 5,72 para a venda.

Atendentes das casas de câmbio notaram que o aumento gradativo do dólar nas últimas semanas fez aumentar a procura por venda da moeda, assim como uma diminuição na compra.

De acordo com os atendentes das casas, a última semana apresentou uma alta procura, tanto pelo dólar como pelo euro turismo, e as vendas foram principalmente à vista, por dinheiro ou Pix.

— A busca pela compra tem sido quase zero. Assim que viram os valores pararam de querer comprar e aumentou o número de pessoas buscando vender. Foi subindo gradativamente todos os dias (da semana) e tem bastante gente procurando vender — contou um atendente de uma das casas de câmbio, que não quis se identificar.

O valor do dólar turismo tem uma cotação maior do que o dólar comercial, ou seja, tende a ser negociado por um valor mais elevado. Ainda assim, ele acompanhou o movimento do mercado que teve uma alta em reflexo da escalada das tensões entre Irã e Israel e com expectativa de que Banco Central americano adie corte de juros.

(Estagiário sob supervisão de Danielle Nogueira)

 

Artigo anteriorImposto de Renda: saiba como declarar prêmios recebidos com apostas esportivas online
Próximo artigoRaça faz diferença na hora de disputar uma vaga? Veja o essa pesquisa revelou