Crescimento do PIB americano no 1º trimestre desacelera mais que o estimado

Revisão do índice reflete freio no consumo das famílias, segundo o Departamento de Comércio dos EUA

10
Bolsa cai 0,87% e atinge menor nível do ano (Foto: Valter Campanato / Agência Brasil)

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos no primeiro trimestre deste ano desacelerou mais que o anunciado inicialmente, a 1,3%, ao invés de a 1,6%, de acordo com nova estimativa publicada nesta quinta-feira pelo Departamento americano de Comércio.

“A atualização reflete principalmente uma revisão para baixo dos gastos do consumidor”, explicou o Departamento de Comércio em comunicado. O crescimento do PIB foi de 3,4% no quatro trimestre de 2023.

A revisão veio levemente acima do esperado por analistas, que antecipavam um crescimento de 1,2% de janeiro a março, segundo consenso levantado pelo Market Watch. A estimativa final será publicada em 27 de junho.

Nível mais baixo em quase 2 anos

O crescimento do PIB dos EUA decepcionou no primeiro trimestre de 2024, alcançando seu nível mais baixo em quase dois anos, após um 2023 em que superou todas as expectativas, desmentindo previsões de recessão. E, na verdade, , ante a 1,9% em 2022.

O consumo segue sendo o motor de crescimento da maior economia do mundo e representa mais de dois terços do PIB. Os domicílios americanos gastaram dinheiro com cuidados de saúde, serviços financeiros e seguros.

Em 2020 e 2021, o PIB dos EUA bateu recordes em uma direção e, na sequência, na outra. Primeiro, teve sua maior queda desde 1946 (-3,5%) devido à pandemia de Covid-19, incluindo dois meses de recessão, e logo o mais forte crescimento desde 1984 (5,9%).

Artigo anteriorVeja o passo a passo para fazer declaração de MEI no IR 2024
Próximo artigoAirbus Beluga: avião com design inspirado em baleias ganha sua própria companhia aérea