Concurso Unificado: Força Nacional fará segurança da prova em seis estados

24

O governo autorizou o uso da Força Nacional para apoio no dia da prova do Concurso Público Nacional Unificado – o chamado “Enem dos concursos”.

Por ora, o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, liberou os agentes para reforçar a segurança dos seguintes estados: Acre, Pará, Mato Grosso do Sul, Roraima, Rondônia e Mato Grosso. O total de 228 cidades vão receber a prova no dia 5 de maio.

A Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, ficou responsável pela coordenação dessa rede, que inclui a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Além disso, haverá a atuação das forças de segurança dos estados: Polícia Militar, Polícia Civil, corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

Além da inspiração no Enem, o Ministério da Gestão e Inovação diz o governo conta conta com a “expertise” das forças de segurança que já atuam tradicionalmente durante o Exame Nacional do Ensino Médio.

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), responsável pelo certame, enviou ofícios aos governadores e prefeitos das cidades contempladas, solicitando cooperação para garantir a segurança e a logística necessárias para a realização das provas

O total de 2,14 milhões pessoas foram confirmadas em todo o Brasil e 57,3% são da faixa de renda de até R$ 4.236, ou seja, três salários mínimos. No recorte por gênero, 56% são mulheres.

Com 228 municípios da lista, a aplicação das provas será em aproximadamente 5.150 locais como escolas e prédios públicos. Em todo o país, serão mais de 77 mil salas e 46 candidatos por sala

 

Artigo anteriorRisco fiscal está ‘drenando oportunidades’ do Brasil, diz Tarcísio
Próximo artigoLula lança programa ‘Acredita’, com crédito para Bolsa Família e Desenrola para MEIs