CNU: governo amplia atuação de Força Nacional e inclui Rio em locais que terão segurança reforçada

7

O total de 228 cidades vão receber o certame no dia 5 de maio

O governo Lula ampliou a lista de estados que receberão agentes da Força Nacional para apoio no dia da prova do Concurso Nacional Unificado— o chamado “Enem dos concursos”. Agora, o Rio de Janeiro também terá esse reforço na segurança.

O total de 228 cidades vão receber o certame no dia 5 de maio. O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, já havia autorizado o reforço à segurança dos seguintes estados: Acre, Pará, Mato Grosso do Sul, Roraima, Rondônia e Mato Grosso, Maranhão e Amazonas.

A Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, ficou responsável pela coordenação dessa rede, que inclui a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Além disso, haverá a atuação das forças de segurança dos estados: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

O governo Lula também autorizou a criação de uma força-tarefa para contestar eventuais ações judiciais que possam prejudicar a realização do Concurso Nacional Unificado. Serão 121 membros da Advocacia-Geral da União (AGU) atuando de 30 de abril a 9 de maio nessa mobilização.

O receio de judicialização é comum em qualquer concurso público. A preocupação maior ocorre porque o concurso unificado é modelo inédito na contratação de funcionários públicos.

 

Artigo anteriorReforma Tributária: quanto uma família vai receber de cashback no novo sistema de impostos? Veja simulações
Próximo artigoNovo CEO da Vale deve ser próximo dos governos, diz Alexandre Silveira