Chuva no RS:

3

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa nesta segunda-feira de reunião virtual com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para tratar sobre novas medidas para o estado. A previsão é que haja o anúncio da renegociação da dívida do estado com a União.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, também participam da reunião.

A expectativa é que Lula anuncie a suspensão da dívida por três anos, a contar de maio. Neste período, a taxa de juros cobrada sobre as parcelas cairá a zero, de maneira a não fazer a dívida do estado aumentar acima da inflação.

A medida deve dar um alívio de R$ 11 bilhões ao governo do Rio Grande do Sul, que sofre com as chuvas fortes. Elas já causaram mais de 140 mortes, devastaram cidades e deixaram milhares de desalojados.

Por isso, municípios em situação de calamidade e que têm dívida com o governo federal também serão alcançados pelo benefício.

A proposta do governo

 

Artigo anteriorFMI aprova ajuste de Javier Milei e libera US$ 800 milhões para a Argentina
Próximo artigoComissão da Câmara aprova exercício de qualquer profissão como MEI