Calendário de pagamento dos servidores federais 2024: veja datas divulgadas pelo governo

8

Confira os dias do depósito dos salários do funcionalismo público federal neste ano

O governo federal informou o calendário de pagamentos de salários e proventos para 1,2 milhão de servidores ativos, inativos e pensionistas em 2024 da administração pública federal. A tabela indica também as datas de distribuição das duas parcelas do 13º salário do ano de 2024. Confira as datas no fim desta reportagem.

Novo valor: Governo prevê salário mínimo de R$ 1.502 em 2025

Abono salarial do PIS/Pasep 2024: valor começa a ser pago hoje; veja quem tem direito

Os pagamentos dos servidores continuarão sendo realizados sempre no primeiro dia útil de cada mês, exceto aos funcionários do Governo do Distrito Federal que atuam na Segurança Pública, os quais recebem os proventos até o quinto dia útil de cada mês.

Por padrão, junto com o pagamento de junho, há o recebimento do adiantamento de 50% da Gratificação Natalina. E, junto com a folha de novembro, há o recebimento do restante da parcela da Gratificação Natalina, com os descontos eventuais.

Preço nas alturas: Depois de subir quase 50% em 12 meses, azeite agora tem lacre antifurto

‘Rei das cripto’, ‘nova Steve Jobs’: veja outros ricaços presos por fraudes

As datas valem para as administrações direta e Indireta, além dos empregados das empresas públicas e das sociedades de economia mista sob controle da União.

Segundo o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, o calendário não se aplica a órgãos e entidades que, em razão de disposições específicas, adotam data de pagamento anterior ao primeiro dia útil do mês subsequente ao da competência respectiva.

Confira o calendário de pagamento dos servidores federais

Competência – data de pagamento:

Janeiro – 1 de fevereiro

Fevereiro – 1 de março

Março – 1 de abril

Abril – 1 de maio

Maio – 3 de junho

13º (50% do valor, sem descontos) – 1 de julho

Junho – 1 de julho

Julho – 1 de agosto

Agosto – 2 de setembro

Setembro – 1 de outubro

Outubro – 1 de novembro

Novembro – 2 de dezembro

13º (50% do valor, com descontos) – 2 de dezembro

Dezembro – 2 de janeiro de 2025

 

Artigo anteriorGoverno prevê salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Próximo artigoSalário mínimo altera benefícios sociais e até indenizações judiciais. Veja o que pode mudar