Cade aprova aquisição do Playcenter pela Cacau Show

4

Valor da compra não foi informado pela empresa de chocolates

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição do Grupo Playcenter, pioneiro no setor de parques de diversão no Brasil, pela Cacau Show. Se nos próximos quinze dias nenhum conselheiro ou terceiro interessado questionar a aprovação, ela se torna definitiva. O valor da transação não foi informado pela empresa de chocolates.

Negócios: Grupo Light pede exclusão de unidade geradora do processo de recuperação judicial

Setor alimentício: Coca-Cola decide vender Verde Campo e deixar o segmento de laticínios no Brasil

Como justificativa para a realização da operação, as empresas alegaram ao Cade que a aquisição faz parte da estratégia de expansão das atividades do Grupo Cacau Show para outros mercados relevantes em que ainda não possuía atuação.

A ideia é que, daqui para a frente, a operação de alimentos e bebidas dos parques do Playcenter fique a cargo da Cacau Show. Os polos de entretenimento também devem ter atrações temáticas, ligadas ao universo dos chocolates, e incluir personagens fantasiados. Dessa forma, os parques de diversões serão associados à marca da Cacau Show.

A expectativa é que, em 2024, a Cacau Show fature R$ 7 bilhões, e o Playcenter, R$ 120 milhões. No ano passado, os faturamentos foram de R$ 5,5 bilhões e R$ 100 milhões, respectivamente.

 

Artigo anteriorEUA querem impor tarifas e levantar barreiras contra aço chinês. Anúncio será feito por Biden
Próximo artigoCrise do clima pode derrubar renda global em 19% até 2050; Brasil é um dos mais afetados