Brasil volta a ser um destino desejado pelos turistas estrangeiros, aumento de quase 70%

Dados do Ministério do Turismo e da Polícia Federal mostram que mais viajantes internacionais estão visitando nosso país

33
Conde, na Paraíba

O crescimento do turismo estrangeiro no Brasil em maio de 2024 foi de 14,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior, mostrando um substancial aumento na procura por destinos nacionais, principalmente as praias no Nordeste do país. Em 2023, o aumento foi de 70%.

Os dados, compilados pela Polícia Federal com a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), são extremamente significativos e mostram que o Brasil voltou a ser um destino desejado no cenário internacional.

Além da recuperação do turismo em nível global, a Embratur tem feito investimentos em campanhas que facilitam e promovem a visita de turistas internacionais ao Brasil também colaboram para essa retomada. 

LEIA MAIS: PT vai acionar Justiça pedindo que Campos Neto seja proibido de se manifestar em atos públicos

“Temos trabalhando para que o mundo inteiro saiba que o Brasil voltou, como costuma dizer o presidente Lula. Nos posicionamos nos temas mais importantes dos nossos tempos, como meio ambiente, sustentabilidade, respeito à diversidade e democracia, construindo esse Brasil. E as pessoas querem visitar o nosso país, que é diverso, continental e ocupa um papel fundamental nas soluções dos problemas econômicos e ambientais do mundo”, explica o presidente da Embratur, Marcelo Freixo.

No acumulado dos primeiros cinco meses de 2024, o Brasil já recebeu 3,2 milhões de turistas internacionais. Este número é 8,6% superior ao registrado no ano passado.

Além disso, em 2023, se registrou um aumento de quase 70% no número de viajantes estrangeiros ao Brasil na comparação com 2022, mostrando que, com Lula, houve uma melhora significativa em relação ao período Bolsonaro.

“Com esses números promissores, o Brasil reforça a imagem de estar no topo da lista de destinos mais desejados na América Latina. E a expectativa é que o setor continue a crescer nos próximos meses, principalmente com a realização de eventos importantes, como a reunião do G20 e o Rock in Rio. Uma movimentação turística que impacta no desenvolvimento econômico e na geração de empregos no país”, destacou Freixo.

Fonte: Revista Fórum

Artigo anteriorSTF retoma julgamento de ações que questionam pontos da Reforma da Previdência de 2019
Próximo artigoSão João movimenta economia na Paraíba, apenas três cidades devem injetar R$730 milhões
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.