As ações mais recomendadas para julho com o real em queda

Carteiras recomendadas destaca a preferência de analistas por empresas do setor de serviços públicos que possam se beneficiar da valorização do dólar

12
Bobina de papel em unidade da Klabin no Paraná: empresa deve se beneficiar do dólar mais valorizado. (Foto: Divulgação/Klabin)

Em um contexto mais incerto e volátil, no qual o dólar chegou a tocar os R$ 5,70 nos últimos dias, analistas do mercado financeiro têm optado por aumentar a exposição cambial e a ativos mais defensivos. Levantamento da Bloomberg Línea com 11 bancos e corretoras revela uma preferência no portfólio por ações de empresas exportadoras e do setor de serviços públicos, como Equatorial (EQTL3), Sabesp (SBSP3) e Copel (CPLE6).

Para se posicionar em um cenário de real mais fraco, ativos como JBS (JBSS3) e Klabin (KLBN11) voltam a compor a seleção compilada, com três e cinco menções, respectivamente. “A JBS oferece exposição cambial e deve se beneficiar dos ciclos positivos de aves e suínos nos EUA e dos ciclos favoráveis de gado e aves no Brasil”, escreveram os analistas do BTG Pactual em relatório.

Créditos: Bloomberg Línea

Fonte: Bloomberg Línea

Artigo anteriorEdital FNDE: ganhe até R$ 8,3 mil
Próximo artigo74 vagas no Mais Médicos disponíveis na Paraíba
Redação
O Paraíba Business é um portal de notícias profissional focado em economia e negócios, independente e não partidário. Seu propósito é produzir conteúdos relevantes e se aproximar ao máximo da verdade dos fatos para informar e contribuir com nossos leitores de maneira transparente.