123 Milhas cria site para orientar consumidores após determinação da Justiça

Empresa está em recuperação judicial desde o ano passado

19

Após determinação da Justiça, a 123 Milhas criou um site para reunir dados dos consumidores lesados e com valores a receber pelos pacotes de viagem vendidos mas não disponibilizados pela companhia. A empresa está em recuperação judicial há nove meses.

A decisão foi do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O site receberá todos os documentos que comprovem as compras feitas pelos consumidores, como, por exemplo, o e-mail com o pagamento aprovado, fatura do cartão ou e-mail da empresa confirmando a contratação do pacote.

O endereço do site é: administracaojudicial.kpmg.com.br/habilitação

O Procon-SP, que atua no processo de recuperação judicial da empresa como amicus curiae – uma parte interessada que apresenta argumento na ação –, informou que vai pedir que os dados dos consumidores que já registraram reclamações, e cujas informações já foram enviadas para recuperação judicial, também sejam contemplados na página criada pela empresa.

Para o órgão, a medida é importante para que os consumidores que já cadastraram suas reclamações não tenham que refazer todo o procedimento ou, caso não sejam informados sobre o novo site, percam prazos ou sejam excluídos do processo.

Artigo anteriorFazenda inclui permissão para estados taxarem herança de previdência privada em Reforma Tributária
Próximo artigoLufthansa deverá devolver R$ 4 bilhões por cancelamentos de voos durante pandemia, nos EUA